Flamengo avança e encara Palmeiras na final da Libertadores -

Flamengo avança e encara Palmeiras na final da Libertadores

País terá dois times na decisão pela quarta vez

O Flamengo confirmou seu favoritismo e mais uma final brasileira na Copa Libertadores. Na noite de quarta-feira (29), a equipe rubro-negra contou com gols de Bruno Henrique para vencer o Barcelona (EQU) por 2 a 0, em Guayaquil, e avançar à decisão contra o Palmeiras, em 27 de novembro, em jogo único marcado para Montevidéu, no Uruguai.

Foi tranquila a classificação da formação carioca, que já havia ganhado a partida de ida por 2 a 0. Na outra semifinal, o time alviverde teve maiores dificuldades e avançou na terça (28) em um empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, em Belo Horizonte –o primeiro duelo terminara em 0 a 0, e a vaga foi decidida no critério do gol fora de casa.

Assim, a Libertadores terá uma final entre equipes do mesmo país pela quinta vez na história, quatro delas entre brasileiros. Na última edição, o Palmeiras, agora vivo na defesa do título, derrotou o Santos para levantar o troféu no Maracanã, no Rio de Janeiro. Como o Flamengo foi o campeão de 2019, a taça ficará no Brasil pelo terceiro ano seguido.

Antes da decisão de 2020 –realizada já em 2021, por causa da pandemia do novo coronavírus–, brasileiros já haviam decidido a competição duas vezes. Em 2005, o São Paulo superou o Atlético Paranaense, atual Athletico. Em 2006, o clube do Morumbi acabou sendo derrotado pelo Internacional.

Houve também uma final argentina, em 2018, na qual o River Plate levou a melhor sobre o Boca Juniors. Depois disso, no entanto, a glória ficou entre Flamengo e Palmeiras, que neste momento atingem o auge de uma rivalidade alimentada nas últimas temporadas, durante as quais se estabeleceram como as principais forças do futebol brasileiro.

Em 2021, já houve uma disputa de título entre eles. Em março, o Flamengo levou a Supercopa do Brasil, com uma vitória sobre o Palmeiras nos pênaltis, por 6 a 5, após empate por 2 a 2 nos 90 minutos. O torneio reuniu os atuais campeões da Copa do Brasil, alviverdes, e os do Campeonato Brasileiro, rubro-negros.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter