Brasil se consolida como principal destino sul-americano de investimentos chineses - Plataforma Media

Brasil se consolida como principal destino sul-americano de investimentos chineses

Mesmo com a retórica diplomática agressiva em Brasília, os investimentos chineses no Brasil cresceram 117% em 2019.

Sob os efeitos da pandemia no ano passado, os números tiveram retração (US$ 7,3 bilhões no ano anterior para US$ 1,9 bilhão, queda de 74%), mas não o suficiente para ameaçar o posto de principal destino dos investimento na América do Sul (47% de todos os aportes), somando US$ 66,1 bilhões na série história 2007-2020. Os números foram revelados por uma pesquisa inédita do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC), publicada nesta quinta (5).

O levantamento mostra que, desde 2007, empresas chinesas já efetivaram 176 empreendimentos no Brasil, 31% deles no setor de energia elétrica. State Grid e China Three Gorges, duas gigantes estatais na área de eletricidade, mantêm por aqui suas maiores fatias de investimento fora da China, com 48% e 60% respectivamente.  

Autor do estudo, o pesquisador e diretor de conteúdo do CEBC, Túlio Cariello, diz que a atração de aportes expressivos no setor elétrico do Brasil é uma combinação de fatores: a tradição chinesa em investimentos na área de infraestrutura, a necessidade de crescimento dessas estatais para além da fronteiras nacionais e um ambiente de negócios mais estável, se comparado com outros países em desenvolvimento.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
ChinaPolítica

Clima: China vai deixar de construir centrais de carvão no estrangeiro

BrasilChina

China cita investimentos e diz esperar estabilidade do Brasil

ChinaPolítica

Xi Jinping expressa condolências pela morte de Sampaio

BrasilChina

Energias renováveis foram tópico de conferência sino-brasileira

Assine nossa Newsletter