Fingiam ser altas patentes da NATO para dar cursos cinotécnicos - Plataforma Media

Fingiam ser altas patentes da NATO para dar cursos cinotécnicos

Dois homens e uma mulher, com idades entre os 64 e os 52 anos, foram detidos pela PSP de Lisboa por falsificação de documentos, usurpação de funções e abuso de designação, sinal ou uniforme. Os suspeitos diziam ser altas patentes da NATO e ministravam cursos cinotécnicos e de sobrevivência.

O trio usava diverso fardamento militar alusivo à NATO, incluindo condecorações e insígnias oficiais. Apresentavam-se como altas patentes daquela organização e possuidores de competências nas áreas do treinamento de cães e de cursos de sobrevivência.

O esquema fraudulento que engendraram permitia aos burlões convencer as vítimas de que estavam a frequentar cursos oficiais ministrados por formadores habilitados quando tal não era manifestamente o caso.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
ChinaPolítica

Pequim acusa NATO de exagerar a "teoria da ameaça chinesa"

MundoPolítica

NATO aponta China, Rússia, cooperação com UE e Afeganistão como prioridades

MundoPolítica

NATO vai procurar financiamento para forças afegãs após deixar Afeganistão

ChinaMundo

NATO: MNE aprovam relatório sobre implicações que China terá para a Aliança

Assine nossa Newsletter