Artes performativas: Macau Artfusion pode voltar ao activo no próximo ano - Plataforma Media

Artes performativas: Macau Artfusion pode voltar ao activo no próximo ano

Laura Nyögéri diretora e fundadora da Macau Artfusion, está neste momento em Portugal, mas tenciona regressar a Macau no próximo ano, altura em que as artes performativas com crianças e adolescentes poderão voltar a ver a luz do dia. Mas a artista quer manter uma equipa de base em Grândola, com a Portugal Artfusion

A covid-19 suspendeu temporariamente os projectos da Macau Artfusion, dedicada às artes performativas com artistas mais novos. A pandemia levou mesmo a directora e fundadora do projecto, Laura Nyögéri, a retornar à vila alentejana de Grândola, de onde é natural. De regresso a casa, trouxe as experiências vividas do outro lado do mundo. Foi, portanto, com naturalidade que surgiu a extensão Portugal Artfusion.

No entanto, a mentora da iniciativa pretende regressar a Macau no próximo ano, confessou ao HM. “Neste momento, o Artfusion Macau não está no activo, estamos a aguardar o meu regresso, que continua incerto. Gostaria muito de regressar depois do Ano Novo Chinês, mas vamos ver se a situação permite. Há projectos suspensos à espera, que serão difíceis de gerir sem estar em Macau”, apontou.

Leia mais em Hoje Macau

Assine nossa Newsletter