Após denúncias, governo Bolsonaro discute cancelar contrato da Covaxin, alvo de CPI e Procuradoria - Plataforma Media

Após denúncias, governo Bolsonaro discute cancelar contrato da Covaxin, alvo de CPI e Procuradoria

Reunião nesta quarta no Ministério da Saúde tratou do tema, mas não houve definição; ideia é ao menos deixar acordo em banho-maria

O governo do presidente Jair Bolsonaro estuda cancelar o contrato assinado com a Precisa Medicamentos em fevereiro para obter 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin, produzida pela Bharat Biotech, no momento em que avançam as investigações a respeito de indícios de irregularidades no acordo.

O cancelamento do contrato passou a ser discutido em vários setores do Ministério da Saúde e já chegou ao conhecimento da Casa Civil, no Palácio do Planalto.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter