Covid-19: Macau regista 53.º caso importado em turista oriundo de Taiwan - Plataforma Media

Covid-19: Macau regista 53.º caso importado em turista oriundo de Taiwan

Macau identificou na quinta-feira o 53.º caso importado de covid-19 num turista oriundo de Taiwan, anunciaram hoje de madrugada os Serviços de Saúde do território.

“O diagnóstico foi efetuado a um homem com 59 anos de idade, turista da região de Taiwan, e declarou nunca ter sido confirmado com a covid-19 nem ter sido vacinado contra a covid-19”, indicou o comunicado.

Na terça-feira, o homem obteve um resultado negativo no teste de ácido nucleico para a covid-19, tendo embarcado num voo com destino a Macau na quinta-feira.

De acordo com as medidas de quarentena em vigor em Macau, o turista, que afirmou não ter estado em contacto com casos de covid-19, foi sujeito a testes no Centro Hospitalar Conde de São Januário.

“O resultado da primeira amostra de teste de zaragatoa nasofaríngea após a entrada foi positivo e o resultado do soro foi negativo para IgM e positivo para IgG, confirmando a pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus”, acrescentou.

A família em Taiwan do turista não foi infetada, disseram as autoridades.

O doente não apresenta febre, tosse ou dificuldades respiratórias e o estado clínico foi considerado normal, tendo sido encaminhado para o Centro Clínico de Saúde Pública “para um tratamento médico mais aprofundado”, indicaram.

Macau não registou qualquer morte por covid-19 desde o início da pandemia. Nenhum profissional de saúde foi infetado e não foi detetado qualquer surto comunitário.

As autoridades do território reforçaram as medidas preventivas devido ao surto de casos locais de covid-19 registados na vizinha província chinesa de Guangdong, exigindo agora a apresentação de um código de saúde ‘online’ na maioria de espaços públicos, incluindo transportes, que diferencia por cores (verde, amarelo e vermelho) o risco potencial de contágio.

Guangdong, que registou mais de 100 casos locais desde 21 de maio, é o ponto de origem responsável pelo maior impacto turístico e força de trabalho em Macau, sobretudo ao nível de passagens diárias pela fronteira.

O registo de casos em Guangdong está a traduzir-se numa diminuição no número de visitantes na capital mundial do jogo, que mostrava sinais de recuperação, após um ano em que a ausência de turistas afetou fortemente a economia da capital mundial do jogo.

Desde o início da campanha de vacinação, em 09 de fevereiro, foram vacinadas 191.961 pessoas, tendo 108.925 tomado a primeira dose e apenas 83.036 as duas, segundo dados divulgados hoje.

As autoridades de saúde têm multiplicado os apelos à população para que se vacine contra a doença.

Related posts
MacauSociedade

Macau regista caso 59, voou da Alemanha

MacauSociedade

Residente proveniente do Reino Unido é o caso 56 em Macau

MacauSociedade

COVID-19: Autoridades ponderam terceira dose

ChinaHong Kong

Covid-19: Levantamento de restrições com Hong Kong só com “consenso” de Pequim

Assine nossa Newsletter