Trancas de regresso às portas – Veja o PDF

Trancas de regresso às portas – Veja o PDF

PDF: Versão Integral do PLATAFORMA às sextas-feiras nas bancas em Macau

Autoridades locais reforçam medidas preventivas contra o vírus da Covid-19. Situação na vizinha província de Guangdong continua a preocupar e está na origem da decisão. Entretanto, o território registou o 52.º caso em quase ano e meio. Trata-se da variante britânica do vírus. 
Manchete: Guangdong continua a registar novos casos

Outros destaques nesta edição:

Paulo Rego – escreve esta semana sobre a realidade a que China está sujeita atualmente e que está na base do alerta agora lançado por Xi Jinping. A China precisa de conteúdos que difundam uma imagem positiva do país nos mercados internacionais. Todos os países, principalmente os com ambição global, o querem. Mas o contexto internacional atual encerra duas realidades: por um lado, a perceção da própria China dessa necessidade, uma vez que a sua imagem não é boa. Por outro, o aumento da tensão a ocidente onde barreiras à influência política e económica da China erguem-se um pouco por todo lado.
Editorial: Pressão internacional

Dinis Chan – reflete esta semana sobreo desenvolvimento da iniciativa “Uma Faixa Uma Rota”, e o posicionamento da Hungria e da Sérvia, no seio da UE, enquanto aliados importantes da China na Europa. De como estes estados-membro têm até sido porta-voz da China, em algumas instituições europeias, chegando mesmo a vetar determinadas resoluções europeias. Vetos claros para proteger os interesses chineses e evitar humilhação diplomática deste país.
Editorial:
Mudança no poder de influência da China

No passado dia 5 de junho assinalou-se o “Mangzhong”, uma das 24 divisões do calendário tradicional chinês, altura em que o Sol atinge a longitude máxima de 75 graus. A medicina tradicional chinesa sugere que durante esta altura sejam consumidos alimentos como sementes de lótus e abóbora-d’água para combater esta humidade.
Medicina Tradicional Chinesa: Medicina tradicional chinesa: o progresso dos tempos

Francisco Mascarenhas, natural de Macau, tem um percurso diferente do resto dos jovens da sua idade. Há sensivelmente seis anos atrás apresentaram-no ao jogo de computador, o Counter Strike (CS), e rapidamente percebeu que havia uma vertente profissional que podia explorar.
Entrevista: “Ainda existe uma grande diferença entre os desportos tradicionais e os eSports”

Related posts
ChinaLusofonia

Jornalistas estrangeiros sob ameaça na China – Veja o PDF

Guerra comercial pode beneficiar a lusofonia – Veja o PDF

Democratas em risco de sobrevivência – Veja o PDF

Saúde para a economia – Veja o PDF

Assine nossa Newsletter