“Semana Dourada” no Japão

“Semana Dourada” no Japão

Estamos no período da Semana Dourada e podemos ver na rua Meiji, em Tóquio, famosos restaurantes de massa com avisos a dizer “encerrado”. Com a pandemia, a indústria da restauração no Japão tem passado por dificuldades, e o prejuízo causado levou ao aparecimento destes sinais. Ainda assim, ver estes espaços encerrados durante a Semana Dourada não deixa de ser surpreendente.

Aos dias que precedem e sucedem o 5 de maio chama-se Semana Dourada. Período da primavera, com as flores a abrir, em que as pessoas costumam ir passear e visitar familiares e amigos. A Semana Dourada é por isso uma das épocas comerciais mais valorizadas do Japão.

No entanto, a pandemia deixou a Semana Dourada deste ano muito mais “fria”.

Com o agravar da situação epidémica, o Governo japonês anunciou na noite de 23 de abril que as prefeituras de Tóquio, Osaka, Kyoto e Hyogo entrariam em estado de emergência a partir de dia 25 de abril, com um fim previsto a 11 de maio. Isto marca assim a terceira vez que o Japão declara estado de emergência devido à atual pandemia.

Durante o estado de emergência, o Governo pede que para que as pessoas fiquem em casa, os centros comerciais se mantenham encerrados, os grandes eventos, designadamente os desportivos, não recebam público ao vivo e que os serviços de restauração fechem às 8 horas da noite e que não sejam servidas bebidas alcoólicas durante todo o dia.

Onodera Takuya, gerente de um bar perto da estação de Shibuya, afirma, determinado: “As vendas de bebidas alcoólicas representam mais de metade da nossa receita. Se não podermos vender álcool no nosso bar, então não faz sentido abrir. Mais vale encerrar o estabelecimento”.

Os meios de comunicação japoneses referem ainda que não só os restaurantes, mas também outros espaços relacionados com venda de alimentos e bebidas alcoólicas estão a ser afetados. Marcas de cerveja como Kirin, Suntory e Sapporo, confirmam que estão a sofrer vários pedidos de reembolso, e por isso estão a prestar atenção ao mercado regional e a discutir possíveis soluções.

As cadeias de lojas de eletrónica Yamada Denki e Kojima, os centros comerciais, nomeadamente Isetan, Mitsukoshi e Takashimaya, em resposta às medidas do Governo reduziram o horário de atividade das lojas nas áreas afetadas pelo estado de emergência, encerrando ainda alguns espaços de vendas de bens não essenciais. Mesmo antes do novo estado de emergência ter sido anunciado, os valores das ações de várias empresas relacionadas com centros comerciais e venda de roupa começaram a descer.

De acordo com uma sondagem recente, cerca de 80% dos inquiridos disseram acreditar que o agravamento da pandemia iria afetar a Semana Dourada deste ano, e 70% afirmaram que não iam viajar ou visitar a família durante esta altura.

Devido ao estado de emergência posto em prática durante a Semana Dourada já em 2020, os preços do voos durante este período foram relativamente mais baixos do que o normal, porém o impacto da pandemia sobre a indústria da aviação continua evidente. Dados partilhados pelas principais companhias aéreas japonesas apontavam que as reservas de voos nacionais na Semana Dourada deste ano representavam cerca de 60% dos números atingidos em 2019, enquanto os voos internacionais não chegavam a 10% do registado naquele mesmo ano.

Takeshi Minami, investigador do Instituto Norinchukin, salienta que apesar de o país ter levantado o segundo estado de emergência em abril, a situação epidémica apenas piorou. À medida que a pandemia evolui, receia-se que as indústrias de serviços sofram um período de estagnação prolongado.

Toshihiro Nagahama, economista do Instituto de Investigação Daiichi Seimeikeizai, acredita que a epidemia irá continuar a alastrar-se por outras partes do Japão, podendo levar à extensão e alargamento do estado de emergência e afetando gravemente a recuperação económica do país.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Desporto

Japão suspenderá estado de emergência um mês antes dos Jogos de Tóquio

Desporto

Ameaça de expulsão para atletas que violam as regras anticovid em Tóquio

MundoSociedade

Ásia regressa a confinamentos com aumento de novos casos de Covid-19

MundoSociedade

Escravas sexuais recusam decisão favorável a Japão

Assine nossa Newsletter