Pequim diz que população cresceu em 2020 após notícia sobre declínio demográfico - Plataforma Media

Pequim diz que população cresceu em 2020 após notícia sobre declínio demográfico

Governo chinês afirmou ontem que a população da China aumentou em 2020, reagindo a informações de que o último censo tinha revelado um declínio demográfico, susceptível de colocar pressão sobre o crescimento económico.

O Gabinete Nacional de Estatísticas não forneceu dados detalhados sobre a população, afirmando que serão divulgados mais tarde.

A decisão de reagir a uma notícia do jornal The Financial Times reflecte, no entanto, a sensibilidade política da questão. O jornal cita pessoas familiarizadas com o censo de 2020 segundo as quais os resultados devem mostrar que a população diminuiu, pela primeira vez em cerca de 60 anos, para menos de 1,4 mil milhões de habitantes.

A China praticou um rígido controlo de natalidade entre 1980 e 2016, em nome da preservação de recursos escassos para a sua economia em expansão. A queda na taxa de natalidade é vista agora, no entanto, como grande ameaça ao progresso económico e à estabilidade social no país asiático.

Estimativas chinesas apontam que a população do país deve atingir o pico em 2025, seguindo-se uma queda demográfica, mas um declínio precoce aumentaria os desafios para os líderes chineses.

Pequim está a encetar uma transição no modelo económico do país, visando uma maior preponderância do sector dos serviços e do consumo, em detrimento das exportações e construção de obras públicas. “De acordo com o nosso entendimento, em 2020, a população da China continuou a crescer”, disse o GNE, em comunicado difundido no portal oficial.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
ChinaPolítica

Taiwan: Pequim protesta por participação em organizações internacionais

ChinaHong Kong

Tentou-se usar Hong Kong para atingir Pequim e para ocidentalizar o país, diz especialista

ChinaSociedade

Tempestade de areia envolve Pequim em espesso manto de poluição

ChinaPolítica

O sonho chinês. Pequim reclama sucesso na erradicação da pobreza

Assine nossa Newsletter