Manila fecha igrejas e proíbe viagens não essenciais a partir de hoje

Manila fecha igrejas e proíbe viagens não essenciais a partir de hoje

As igrejas em Manila vão estar fechadas e as viagens não essenciais de e para a capital filipina serão proibidas a partir de segunda-feira, conforme novas regras divulgadas este domingo face a um ressurgimento da covid-19.

O número de novos contágios pelo coronavírus SARS-CoV-2 excedeu a barreira dos 7.000 durante três dias, o número mais elevado desde que a pandemia começou. Isto leva o número total de pessoas contagiadas para mais de 663.000 e pressiona os hospitais deste país de cerca de 110 milhões de habitantes, incluindo 12 milhões na capital, onde muitos vivem em bairros esquálidos e sobrelotados.

Com estas novas medidas tomadas durante um período de duas semanas, as autoridades têm dois objectivos: “reduzir a transmissão do vírus em Manila e evitar a difusão do vírus, especialmente das novas variantes, fora de Manila, porque são mais contagiosas”, explicou o porta-voz do Presidente filipino, Rodrigo Duterte, Harry Roque. Também serão abrangidas pelas restrições as províncias próximas de Rizal, Cavite, Laguna e Bulacan.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
Desporto

Japão suspenderá estado de emergência um mês antes dos Jogos de Tóquio

EconomiaMundo

Países da zona euro devem manter “postura orçamental de apoio” em 2022

Mundo

OMS designa como variante Lambda o SARS-CoV-2 presente na América Latina

MundoSociedade

UE adverte que campanhas de vacinação podem ignorar grupos vulneráveis

Assine nossa Newsletter