Transporte marítimo é o mais usado para contrafação. China foi principal país de origem - Plataforma Media

Transporte marítimo é o mais usado para contrafação. China foi principal país de origem

Mais de metade do valor total de produtos contrafeitos apreendidos foi transportado pelo mar, aponta um relatório conjunto entre a OCDE e a EUIPO.

O transporte marítimo continua a ser a principal via para transporte de produtos contrafeitos. De acordo com um relatório conjunto da OCDE e a EUIPO, o Instituto de Propriedade Intelectual da União Europeia, entre 2014 e 2016, mais de metade do valor total de produtos contrafeitos apreendidos pelas autoridades foi transportado por via marítima.

Segundo os dados de 2016, 56% do total de produtos contrafeitos foram transportados em contentores. A China foi o país de onde partiram mais contentores, representando 79% do valor total de produtos contrafeitos. Países como a Índia, Malásia, México, Singapura, Tailândia, Turquia ou os Emirados Árabes Unidos também estão no topo da lista de origem de produtos contrafeitos.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
BrasilSociedade

Senado do Brasil pede ajuda internacional e alerta para risco que país representa

BrasilSociedade

No Brasil há um computador para 10 alunos, a pior média em 79 países

EconomiaPolítica

Timor-Leste sai do grupo de países frágeis da OCDE com melhorias a vários níveis

BrasilSociedade

Número de alunos por turma eleva impacto da Covid-19 na educação do Brasil

Assine nossa Newsletter