PGR questiona decisão que deu a Lula acesso a mensagens da Lava Jato - Plataforma Media

PGR questiona decisão que deu a Lula acesso a mensagens da Lava Jato

Ministro do STF permitiu ao petista acessar diálogos entre procuradores da operação e o ex-juiz Sergio Moro.

A PGR (Procuradoria-Geral da República) questionou nesta quarta-feira (3) a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), que permitiu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acessar mensagens vazadas de integrantes da Operação Lava Jato.

Para a Procuradoria, o despacho de Lewandowski tem contradições por ter sido tomado em um procedimento que originalmente discutia o acesso do petista a informações e documentos do acordo de leniência da Odebrecht, em tramitação na Justiça Federal do Paraná.

Nos mesmos autos, a pedido da defesa do ex-presidente, Lewandowski garantiu o acesso de Lula às mensagens do Telegram trocadas entre integrantes da força-tarefa da Lava Jato, o que inclui diálogos travados entre o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sergio Moro.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Fachin vê manobra em liberação de mensagens da Lava Jato a Lula, mas STF deve ignorar caso

BrasilPolítica

‘Ou o povo reage, ou vai ser vítima de coisas piores’, diz Lula sobre Bolsonaro

Brasil

Lula da Silva recebe alta após quatro dias internado por bactéria no sangue

BrasilPolítica

Lula indica que Haddad será candidato a presidente caso ele não possa concorrer em 2022

Assine nossa Newsletter