Luta contra a corrupção está longe de terminar - Plataforma Media

Luta contra a corrupção está longe de terminar

O presidente Xi Jinping destacou, na sexta-feira, na quinta sessão plenária da Comissão Central de Inspeção Disciplinar (CCID) do 19º Comité Central do PCC, a importância de reforçar os papéis de orientação e salvaguarda de uma governação rigorosa do Partido em todos os aspectos para assegurar o cumprimento dos objectivos de desenvolvimento e as tarefas no período do 14º Plano Quinquenal (2021-2025).

“O ano de 2020 foi extraordinário na história da República Popular da China”, disse Xi ao resumir os êxitos do ano passado na construção do Partido. “A população sente profundamente que, em tempos difíceis, pode contar com a forte liderança do Partido e a autoridade do Comité Central do PCC”.

Contudo, se “na luta contra a corrupção, êxitos históricos foram alcançados, a situação continua a ser desafiante e complexa”, advertiu Xi. “A corrupção, como o maior risco para a governança do Partido, ainda existe”, disse Xi, assinalando que os velhos e novos tipos de corrupção se entrelaçaram e que a corrupção é cada vez mais encoberta e complexa.

Em 2020, 18 funcionários foram investigados pelas autoridades centrais. Além disso, 1229 fugitivos no exterior retornaram e 2,45 mil milhões de yuans foram recuperados nos primeiros 11 meses de 2020. Já em 2021, o mais alto órgão anti-corrupção da China anunciou punições para sete funcionários que foram acusados de aceitar subornos.

Leia mais em Hoje Macau

Artigos relacionados
ChinaPolítica

Presidente chinês declara êxito do país na erradicação da pobreza extrema

ChinaMundo

Presidentes da França e China conversam sobre economia e Mianmar mas não citam uigures

AngolaPolítica

“Meninos de rua” foram usados para fazer depósitos milionários em Angola

ChinaEconomia

Primeiro telefonema entre Biden e Xi aborda economia e direitos humanos

Assine nossa Newsletter