Imigrantes em Macau com 90 dias para registar passaportes de recém-nascidos - Plataforma Media

Imigrantes em Macau com 90 dias para registar passaportes de recém-nascidos

O Conselho Executivo deu luz verde para dificultar a imigração ilegal. Além do registo da documentação das crianças, entre as medidas previstas conta-se ainda a recolha de dados biológicos dos visitantes, a criminalização do casamento falso e a obrigatoriedade de os hotéis passarem a transmitir às autoridades os dados dos hóspedes não residentes

Alegando que há mais de 10 anos que as leis sobre migração não eram revistas, o Conselho Executivo anunciou na passada sexta-feira ter concluído a discussão sobre o Regime jurídico dos controlos de migração e das autorizações de permanência e residência em Macau.

De acordo com uma nota oficial divulgada no mesmo dia, o objectivo do diploma que será submetido à Assembleia Legislativa (AL) para aprovação, passa essencialmente pelo “combate eficaz à imigração ilegal e permanência ilegal” e a “prevenção de crimes”.

Uma das novas medidas previstas na proposta de lei sugere que os não residentes tratem “oportunamente” dos documentos de viagem dos filhos nascidos em Macau e que notifiquem o facto às autoridades de migração.

Leia mais em Hoje Macau

Artigos relacionados
ChinaMacau

Embaixador insiste na entrada de portugueses de Macau no interior da China

MacauSociedade

750 pedidos de repatriamento em Macau lançam novo voo para as Filipinas

MacauSociedade

Validade dos testes à Covid-19 em Macau baixa para 72 horas

MacauPolítica

Manutenção de vencimentos e compensações em Macau divide deputados

Assine nossa Newsletter