Pequim inicia campanha de vacinação em larga escala - Plataforma Media

Pequim inicia campanha de vacinação em larga escala

Milhares de pessoas formaram filas em Pequim para receber a vacina contra a covid-19 numa campanha para inocular milhões de habitantes antes da temporada de viagens, que ocorre durante o Ano Novo chinês, em fevereiro.

Mais de 73.000 pessoas receberam a primeira dose da vacina nos últimos dois dias na capital da China, informou a imprensa estatal no domingo, incluindo trabalhadores comunitários e motoristas de autocarros.

As autoridades de saúdes aprovaram de maneira “condicional” no último dia de 2020 a vacina do grupo chinês Sinopharm, que tem uma eficácia de 79%, segundo o laboratório.

O canal público de televisão CCTV exibiu imagens de filas em hospitais e centros comunitários de saúde. As pessoas aguardavam para ler os formulários de consentimento e ter a temperatura medida antes da aplicação da vacina.

As autoridades anunciaram que academias e estabelecimentos comerciais vazios serão transformados em centros de vacinação.

A China prevê vacinar milhões de pessoas até meados fevereiros.

Pequim administrou 4,5 milhões de doses de vacinas durante a fase de testes, a maioria em trabalhadores e outros funcionários estatais que trabalham no exterior, segundo as autoridades.

Mas a China planeia agora uma campanha gradual de vacinação, começando por grupos considerados de alto risco, como funcionários dos portos e do setor de logística, além de pessoas que planeiam retomar os estudos no exterior.

A China – onde surgiu o novo coronavírus no fim de 2019 – controlou o vírus dentro das fronteiras com base em confinamentos rigorosos e testes de diagnóstico em larga escala quando algum caso era detetado.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoSociedade

Variante britânica do coronavírus atinge 70 países e a sul-africana 31

PortugalSociedade

Portugal atinge novo máximo de mortes por Covid-19

Brasil

Cidade do Rio começa nova fase de vacinação contra covid-19

BrasilSociedade

Brasil barra voos da África do Sul e Reino Unido para impedir entrada de nova variante

Assine nossa Newsletter