Primeiro-ministro da Guiné-Bissau acusado de exploração ilegal de madeira - Plataforma Media

Primeiro-ministro da Guiné-Bissau acusado de exploração ilegal de madeira

Assessoria de imprensa de Nuno Nabiam confirma ter conhecimento da acusação

O jornal Capital News noticiou que o primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, deverá responder a uma acusação de corte ilegal de árvores, num processo que envolve outros dirigentes e uma empresa chinesa.

A assessoria de imprensa de Nabiam confirmou ao portal VOA Português que tem conhecimento da acusação e remeteu para outra altura qualquer tipo de reação.

O Capital News escreve ainda que Botche Candé, ministro do Interior, também é citado num documento sobre o assunto, que foi entregue pela Polícia Judiciária (PJ) ao Gabinete de Luta contra Corrupção e Delitos Económicos do Ministério Público guineense.

Devido à sua posição política e por gozar de imunidade, Nuno Gomes Nabiam não pode ser ouvido pela polícia, mas apenas por um magistrado.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
ChinaPolítica

Corrupção: China apela à tolerância zero para fazer face ao problema

Hong KongPolítica

Organizadores de vigília por Tiananmen acusados de serem “agentes estrangeiros”

MundoPolítica

Aung San Suu Kyi julgada novamente por corrupção 

Política

Antiga líder de Myanmar julgada em novo caso de corrupção

Assine nossa Newsletter