Primeiro-ministro da Guiné-Bissau acusado de exploração ilegal de madeira - Plataforma Media

Primeiro-ministro da Guiné-Bissau acusado de exploração ilegal de madeira

Assessoria de imprensa de Nuno Nabiam confirma ter conhecimento da acusação

O jornal Capital News noticiou que o primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, deverá responder a uma acusação de corte ilegal de árvores, num processo que envolve outros dirigentes e uma empresa chinesa.

A assessoria de imprensa de Nabiam confirmou ao portal VOA Português que tem conhecimento da acusação e remeteu para outra altura qualquer tipo de reação.

O Capital News escreve ainda que Botche Candé, ministro do Interior, também é citado num documento sobre o assunto, que foi entregue pela Polícia Judiciária (PJ) ao Gabinete de Luta contra Corrupção e Delitos Económicos do Ministério Público guineense.

Devido à sua posição política e por gozar de imunidade, Nuno Gomes Nabiam não pode ser ouvido pela polícia, mas apenas por um magistrado.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
AngolaSociedade

Manuel Caterça acusado de desviar mais de 10 mil milhões de kwanzas da Elisal

ChinaSociedade

Ex-director de grupo financeiro chinês condenado à morte por corrupção e bigamia

AngolaPolítica

Dinheiro recuperado em Angola deve beneficiar "visivelmente" a população

Portugal

Detetados 18 casos da nova estirpe na Madeira. Um proveniente de Lisboa e Vale do Tejo

Assine nossa Newsletter