Há 222 adeptos proibidos de entrar em recintos desportivos

Há 222 adeptos proibidos de entrar em recintos desportivos

O SC Braga é o clube com mais adeptos sujeitos a medidas de interdição, seguido do Sporting, V. Guimarães, FC Porto e Benfica

á 222 adeptos proibidos de entrar em recintos desportivos, mais 202 do que na época anterior. É o que mostra o Relatório de Análise da Violência Associada ao Desporto, elaborado pelo Ponto Nacional de Informações sobre o Desporto e pela Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto.

O presidente da APCVD, Rodrigo Cavaleiro, em entrevista na TSF, destaca a eficácia dos “mecanismos que começam a funcionar e também da eficácia de algumas medidas que se têm procurado tomar. De resto, os números, quanto a incidentes desceram. Mas também não é de estranhar devido ao fortíssimo impacto de todo contexto da Covid- 19, com a interrupção das competições e depois o regresso ainda sem público”, destacou o presidente da APCVD.

O SC Braga é o clube com mais adeptos sujeitos a medidas de interdição (54), seguido do Sporting CP (45), V. Guimarães (19), FC Porto (13) e SL Benfica (13). Na análise a estes dados importa ter em consideração o projeto-piloto desenvolvido entre a Polícia de Segurança Pública e a Procuradoria Geral da República, envolvendo inicialmente os círculos judiciais de Braga e Guimarães.

O futebol concentra a maioria dos incidentes (1577), sendo 912 deles na Primeira Liga e a grande parte, por causa, da posse de artefactos pirotécnicos.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter