Diretor de televisão e namorado acusados de golpes em hotéis de luxo - Plataforma Media

Diretor de televisão e namorado acusados de golpes em hotéis de luxo

Aaron Salles Torres e companheiro aplicavam golpes em hotéis de luxo no Rio. Foram soltos após terem sido detidos pela Polícia Civil e estão sujeitos a medidas de coação enquanto aguardam os termos do inquérito

Aaron Salles Torres, conhecido por trabalhar na direção do programa humorístico “Vai que Cola” (Multishow), e seu namorado, Jhony de Souza Oliveira, foram liberados da 14ª DP Copacabana após serem presos em flagrante na última sexta-feira (11).

Os dois foram presos sob a acusação de aplicarem golpes em hotéis de luxo, localizados no Rio de Janeiro. A Polícia Civil do Estado afirmou que as investigações iniciaram ainda no começo deste ano, depois da dupla passar o Réveillon em um hotel cinco estrelas –com diárias em torno de R$ 1.500– e efetuarem o pagamento com cartões clonados.

Em nota, a Justiça do Rio afirmou que os acusados tiveram a prisão substituída por medidas cautelares para que compareçam mensalmente, a cada dia dez, a juízo. O processo segue na 29ª Vara Criminal e as investigações seguem em curso na 14ª DP.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
LifestyleMundo

Homem processa McDonald's por causa de dente partido

BrasilPolítica

Ministério Público processa Bolsonaro e ministros por insultos às mulheres

CulturaMundo

Neil Young processa Donald Trump por uso indevido de canções

PortugalSociedade

Ex-secretário de Estado da Energia constituído arguido no 'Caso EDP'

Assine nossa Newsletter