Manny Pacquiao aponta à presidência das Filipinas em 2022 - Plataforma Media

Manny Pacquiao aponta à presidência das Filipinas em 2022

O pugilista e senador Manny Pacquiao foi eleito presidente do PDP-Lanban, sendo este o partido político do líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, e vencedor das eleições legislativas e municipais de 2019.

“Justo mas firme, este é o tipo de liderança que se pode esperar de mim”, disse Pacquiao na noite de quarta-feira em Manila depois de ter tomado posse e se ter posicionado como possível candidato à presidência das Filipinas em 2022, algo que tem sido especulado há meses.

“Ter esta rara oportunidade de liderar o PDP-Laban é uma imensa honra e responsabilidade. Pela graça de Deus, não desperdiçarei esta plataforma que me confiaram”, disse o atual campeão mundial de boxe meio-médio e um ídolo nas Filipinas.

Pacquiao, senador desde 2016, substitui à frente do PDP-Lanban o senador Koko Pimentel, outro grande aliado de Duterte e que destacou a capacidade do pugilista de “trazer ideias novas e modernas de que o partido necessita antes das eleições de 2022”.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilMundo

Portas das Filipinas trancadas a estrangeiros vindos de Portugal e Brasil

Desporto

Hospedeira terá sido violada e assassinada: Pacquiao pede pena de morte

MacauSociedade

750 pedidos de repatriamento em Macau lançam novo voo para as Filipinas

MundoSociedade

Sobe para 48 o número de mortes causadas pelo tufão Vamco nas Filipinas

Assine nossa Newsletter