Ministro da Economia brasileiro quer vender nove estatais em 2021 - Plataforma Media

Ministro da Economia brasileiro quer vender nove estatais em 2021

Após o ministro Paulo Guedes (Economia) manifestar frustração com a agenda de privatizações, sua pasta divulgou um cronograma prevendo que o governo vai se desfazer de nove empresas federais em 2021. Entre elas, Correios e Eletrobras.

O plano foi divulgado pelo Ministério da Economia nesta quarta-feira (2) após reunião do conselho do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos). O encontro foi liderado por Guedes, com participação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de outros ministros.

O ministério também prevê leilões ou avanço no processo de outros 106 ativos no ano que vem (como concessões de aeroportos, rodovias, portos e até florestas), o que levantaria ao todo R$ 367 bilhões em investimentos.

Apesar do cronograma anunciado pelo ministério, o andamento dos projetos depende do Congresso (como no caso da venda da Eletrobras) e de órgãos como o TCU (Tribunal de Contas da União). A equipe econômica afirma que o calendário representa uma expectativa viável, mas reconhece que parte dos projetos pode ficar para 2022.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Assine nossa Newsletter