60% das empresas não ajudam quem está em teletrabalho - Plataforma Media

60% das empresas não ajudam quem está em teletrabalho

Levantamento global indica desfazamento entre intenção e ação das companhias para o escritório pós-pandemia.

Relatório global que trata sobre o teletrabalho na pandemia mostra uma contradição. Ao mesmo tempo em que as empresas dizem acreditar que os funcionários precisarão estar no centro do design dos espaços de trabalho do futuro, a maioria delas reconhece que não mudou as políticas para os escritórios de modo a dar maior suporte aos empregados em trabalho remoto.

O relatório “Local de trabalho inteligente – Moldando experiências de empregados para um mundo transformado”, ouviu 1.350 executivos de empresas em 19 países. No Brasil, foram 50 entrevistas.

Na avaliação da empresa de tecnologia NTT Ltd, responsável pelo levantamento, um dos indicativos de que o apoio a esse novo modelo de atuação está aquém das necessidades é no baixo índice de empresas que mudaram políticas de TI (Tecnologia da Informação).

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
EconomiaMundo

"Empregados em teletrabalho deveriam pagar imposto"

MundoSociedade

Conheça as diferentes estratégias de confinamento na Europa

Eleitos

Professores em risco: uma missão difícil

Lifestyle

Como ter o nosso espaço quando estão todos em casa

Assine nossa Newsletter