Congresso do Peru aprova impeachment de presidente por 'incapacidade moral' - Plataforma Media

Congresso do Peru aprova impeachment de presidente por ‘incapacidade moral’

105 congressistas votaram a favor do afastamento de Martín Vizcarra.

O Congresso peruano decidiu, na noite desta segunda-feira (9), afastar o presidente Martín Vizcarra de seu cargo de presidente, de acordo com o artigo 113 da Constituição, declarando-o com “incapacidade moral” de continuar no posto.

Após quase 12 horas de sessão, o resultado foi de 105 votos a favor do afastamento, 19 contra e 4 abstenções.

Não há espaço para apelação, e Vizcarra, 57, que não tem partido nem bancada, já não é mais o presidente.

Com esse resultado, assume Manuel Merino, líder do Congresso, do partido de centro-direita Ação Popular, que deve ocupar o cargo até julho do próximo ano.

Haverá eleições presidenciais no Peru em 11 de abril de 2021. Ainda no fim da noite de segunda, manifestantes foram às ruas de Lima contra a decisão do Congresso.

“Merino, escute, o povo te repudia”, gritavam.

Votaram pelo afastamento de Vizcarra dos integrantes dos partidos Ação Popular, Frepap, Força Popular (fujimorismo) e Podemos Perú.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Assine nossa Newsletter