Ataque junto a uma sinagoga na Áustria. 17 feridos e cinco morto

Ataque junto a uma sinagoga na Áustria. 17 feridos e cinco mortos, incluindo um atacante

A polícia austríaca regista seis tiroteios em Viena, um deles junto a uma sinagoga situada no centro da cidade, na zona de Seitenstettengasse. “Jamais nos permitiremos a ser intimidados pelo terrorismo”, afirmou o chanceler

Cinco pessoas morreram e 17 ficaram feridas numa série de ataques com armas automáticas na segunda-feira à noite em Viena, segundo um novo balanço das autoridades austríacas.

“Infelizmente, uma nova vítima morreu no hospital. Isso eleva o número total de mortos para dois homens e duas mulheres”, disse um porta-voz do ministério à agência de notícias AFP, somando-se ainda a morte de um agressor.

O agressor morto pela polícia aera um jovem de 20 anos, com dupla nacionalidade austríaca e da Macedónia do Norte, e já tinha uma condenação anterior por terrorismo, anunciaram as autoridades.

Pelo menos 17 pessoas ficaram feridas no ataque, segundo a agência de notícias AP.

O ataque, o primeiro em Viena em 35 anos, começou com um tiroteio por volta das 20.00 (19.00 em Lisboa) numa rua central onde fica a sinagoga principal de Viena, então fechada, e muito próxima de uma área de bares muito frequentada.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
MundoSociedade

Dois mortos e vários feridos em tiroteio em Viena perto de sinagoga

FuturoMundo

Inteligência Artificial traz de volta adolescente morto a tiro

MundoPolítica

Comandante da Guiné-Conacri assassinado dois dias antes das eleições no país

Tiroteio no Oregon faz várias mortes. Agentes envolvidos estão suspensos

Assine nossa Newsletter