Yan Lianke vence Prémio Newman de Literatura Chinesa - Plataforma Media

Yan Lianke vence Prémio Newman de Literatura Chinesa

Um júri internacional escolheu o romancista chinês Yan Lianke como vencedor da sétima edição do Prémio Newman de Literatura Chinesa, patrocinado Universidade norte-americana de Oklahoma.

O Prémio Newman é atribuído bienalmente em reconhecimento pelo “desempenho notável em prosa ou poesia que melhor capta a condição humana e é conferido exclusivamente a base do mérito literário”.

São elegíveis para o prémio todos os autores vivos que escrevem em chinês.

A escolha foi realizada por um júri que integra cinco especialistas em literatura.

Yan Lianke vai receber 10 mil dólares norte-americanos, uma placa comemorativa e uma medalha de bronze. A cerimónia de entrega do prémio vai realizar-se através de um simpósio online na Universidade de Oklahoma, de 4 a 5 de março de 2021.

“Os nomeados para a edição deste ano escreveram sobre a incrível riqueza e diversidade da literatura chinesa de hoje”, disse Jonathan Stalling, diretor do Prémio Newman e professor de Estudos Internacionais.

Para o responsável “o vencedor deste ano é verdadeiramente especial, já que foi indicado para o Prémio Newman em três edições anteriores (2009, 2015 e 2017)”.

Já Eric Abrahamsen, da Paper Republic, membro do júri e responsável pela indicação de Yan Lianke para a edição deste ano do prémio, assinalou que “a escrita de Yan faz pelo coração da China o que John Steinbeck fez pelo oeste americano ou Thomas Hardy pelo sudoeste da Inglaterra”.

Entre os vencedores do Prémio Newman estão os romancistas da China continental Mo Yan, em 2009, Han Shaogong, em 2011 e Wang Anyi, em 2017.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter