MAM expõe trabalho de pintores que evocaram Macau nas suas obras

MAM expõe trabalho de pintores que evocaram Macau nas suas obras

Foi ontem inaugurada, no Museu de Arte de Macau, a exposição “Deambulações pela Paisagem: Colecção do Museu de Arte de Macau”. O público poderá ver várias obras de artistas que retrataram o território através da sua pintura até Agosto de 2021

Conhecer a forma como Macau foi retratada na pintura de vários autores ao longo do tempo é o que propõe o Museu de Arte de Macau (MAM) na sua mais recente exposição. “Deambulações pela Paisagem: Colecção do Museu de Arte de Macau” é o nome da mostra que estará patente até Agosto de 2021 e que reúne “as pegadas artísticas deixadas em Macau por artistas de diferentes períodos e regiões”, revelando “as paisagens históricas da cidade entre os séculos XVII e XXI”. Para o Instituto Cultural (IC), será possível aos visitantes ter “uma visão geral de criações artísticas subordinadas ao tema de Macau nas eras moderna e contemporânea”.

A exposição é composta por três secções, sendo a primeira subordinada ao tema “Imagens Topográficas: Gravuras dos Séculos XVII a XIX”. Tratam-se de gravuras produzidas com base em imagens topográficas originais, mostrando as paisagens de Macau através destes “registos fiéis”.

A secção número dois intitula-se “A Sombra de Chinnery: o Artista, os seus Companheiros e Discípulos” e apresenta obras de George Chinnery, considerado o pintor ocidental mais influente do Sul da China durante o século XIX.

Leia mais em Hoje Macau

Artigos relacionados
CulturaMundo

Exposição de fotografia revela efeitos da Covid-19 na sociedade canadiana

CulturaPortugal

50 anos de fotografia de Alfredo Cunha, um dos maiores fotógrafos portugueses

CulturaMacau

Shi Wenhua expõe trabalhos em vídeo inspirados na cianotipia

CulturaPolítica

Patos, camelos, girassóis e mãozinhas. Uma história da propaganda nas eleições dos EUA

Assine nossa Newsletter