Covid-19: Brasil soma 153.905 óbitos e 5,2 milhões de infeções - Plataforma Media

Covid-19: Brasil soma 153.905 óbitos e 5,2 milhões de infeções

O Brasil registou 153.905 óbitos e 5.235.344 de infeções provocados pela pandemia de covid-19, segundo o balanço divulgado hoje pelo Ministério da Saúde do país.

Segundo a tutela, o país somou 230 mortes e 10.982 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas. Os números não incluem dados de quatro estados.

“Houve um problema na atualização dos dados do sistema e-SUS notifica nos estados Rondônia, Pernambuco, Paraíba e Goiás. O Datasus [banco de dados do Sistema Unido de Saúde do Brasil] está trabalhando para resolver o problema. Os dados estão preservados, e serão atualizados no boletim amanhã”, informou o Ministério da Saúde brasileiro.

O Governo local também anunciou que 4.650.030 pessoas já recuperaram da doença e outras 431.409 permanecem em acompanhamento.

Os estados de São Paulo (38.020), Rio de Janeiro (19.765), Ceará (9.210) e Pernambuco (8.487) têm o maior número de óbitos registados devido à pandemia no Brasil.

Considerando o número de casos, São Paulo (1.063.602), Bahia (335.351), Minas Gerais (335.683) e Rio de Janeiro (290.878) são, respetivamente, os que somam mais infeções até agora.

Um consórcio formado pela imprensa brasileira, que colabora na recolha de informações junto das secretarias estaduais de Saúde, revelou que o país contabiliza 153.885 vítimas mortais e 5.232.541 infeções desde o início da pandemia.

O mesmo levantamento indicou que o país verificou 195 mortes e 8.874 casos confirmados do novo coronavírus nas últimas 24 horas.

Neste domingo, os ‘media’ locais confirmaram que o cantor Jorge Aragão, um dos mais importantes compositores de samba do Brasil, está internado com covid-19 há cinco dias, na cidade do Rio de Janeiro.

“O paciente Jorge Aragão da Cruz foi admitido em nosso hospital em 13 de outubro com quadro de pneumonia viral covid-19. Desde então, encontra-se em unidade de terapia intensiva sob monitorização contínua e cuidados específicos à sua condição clínica”, diz um boletim médico emitido hoje pelo Hospital Unimed, do Rio de Janeiro.

O mesmo hospital acrescentou que embora o cantor apresente boa resposta ao tratamento, ainda não há previsão de alta.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e quase 40 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Artigos relacionados
BrasilLifestyle

Glória Pires testou positivo para a Covid-19

PortugalSociedade

Portugal regista o maior número de infeções da semana

PolíticaPortugal

Governo prevê 3,6 milhões de pessoas vacinadas contra a covid no primeiro semestre

ChinaFuturo

China terá 600 milhões de doses de vacinas "prontas para usar ainda este ano"

Assine nossa Newsletter