Portugal com a segunda maior quebra de venda de carros da Europa - Plataforma Media

Portugal com a segunda maior quebra de venda de carros da Europa

Apenas o mercado de ligeiros de passageiros da Croácia caiu mais do que o português até setembro, segundo dados da associação europeia de fabricantes automóveis.

Entre janeiro e setembro venderam-se 105 660 carros ligeiros de passageiros em Portugal, menos 39,3% em comparação com os mesmos nove meses de 2019. Trata-se da segunda maior quebra na Europa, com a diminuição das vendas de automóveis em Portugal a ficar 10 pontos percentuais acima da média da União Europeia (-28,8%).

Só na Croácia é que a pandemia está a ter mais efeitos junto do comércio automóvel de ligeiros de passageiros, revelam os dados da associação europeia de fabricantes de automóveis (ACEA, na sigla original). Neste país a quebra de vendas deste segmento foi de 45%, para 28 246 unidades. Logo a seguir a Portugal surge a vizinha Espanha, que sofreu uma descida dos registos de 38,3%.

O fecho dos concessionários portugueses enquanto vigorou o estado de emergência (entre meados de março e o final de abril) ajuda a explicar uma descida tão acentuada das vendas de automóveis.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
Desporto

Covid-19: Responsável da McLaren vê "quatro equipas" em risco de desaparecerem

Assine nossa Newsletter