Eleitor negro pode ajudar Biden a conquistar estado que democratas não ganham há 30 anos - Plataforma Media

Eleitor negro pode ajudar Biden a conquistar estado que democratas não ganham há 30 anos

Geórgia torna-se arena simbólica do peso que questão racial terá nas eleições deste ano nos EUA.

Domingo costuma votar em republicanos. Defende ideias conservadoras e é cético quanto a políticas públicas mais inclusivas. A exceção foi Barack Obama. Em 2008 e 2012, o motorista hoje com 46 anos votou em um homem negro, assim como ele, ladeado por propostas que considerava realistas num país tão desigual como os EUA. Em 2016, impulsionado pelo discurso em defesa da ampliação do direito à posse de armas, preferiu Donald Trump, mas agora se diz decepcionado. “Ao mesmo tempo em que fez coisas certas e aplicou políticas com as quais concordo, Trump tomou várias medidas horríveis para dividir o país”, afirma.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter