Líbano tem 'aumento significativo' de migração ilegal - Plataforma Media

Líbano tem ‘aumento significativo’ de migração ilegal

Centenas de pessoas no Líbano tentaram a perigosa travessia do Mediterrâneo com destino ao Chipre nos últimos meses, em um contexto de grave crise econômica que colocou mais de 650.000 crianças libanesas na pobreza, alertou nesta terça-feira (13) a ONG Save The Children.

Entre julho e setembro, a ONG registrou 21 travessias marítimas. Em todo o ano de 2019, foram 17.

Este fenômeno, incentivado por uma crise econômica inédita e pelo empobrecimento da população, apresentou um “aumento significativo” em setembro. Neste mês, “230 pessoas que viajavam a bordo de cinco barcos foram mandadas de volta para o Líbano após tentarem chegar ao Chipre pelo mar”, explicou a ONG britânica.

A travessia, que geralmente é realizada em barcos frágeis, custou a vida de várias pessoas, incluindo crianças, segundo a Save The Children, que coletou depoimentos de pessoas resgatadas.

“Começamos a contar os dias até a nossa morte, bebendo água do mar”, explicou um adolescente citado pela ONG.

“Crianças viram suas mães morrerem, enquanto os pais tiveram que amarrar os corpos de seus filhos aos flancos do barco para evitar perdê-los no mar,” lamentou a Save The Children.

O aumento da inflação, o colapso da moeda nacional e a escassez de produtos básicos “destroem os meios de subsistência” da população do Líbano, denunciou a ONG.

De acordo com a organização, “mais 650.000 crianças libanesas mergulharam na pobreza nos últimos seis meses”.

A Save The Children exortou o governo libanês a priorizar as famílias vulneráveis e as autoridades cipriotas a oferecer asilo e proteção aos migrantes.

Este artigo está disponível em: English 繁體中文

Artigos relacionados
MundoPolítica

Presidente do Líbano distribui entre guarda-costas chá doado a vítimas de explosão

MundoSociedade

Buscas em Beirute dadas por terminadas

Sociedade

Um mês após explosão no Líbano, equipes de resgate detectam batimentos cardíacos nos escombros

MacauMundo

Macau lança campanha para ajudar famílias de Beirute

Assine nossa Newsletter