Deputado eslovaco condenado a quatro anos de prisão por usar símbolo neonazi - Plataforma Media

Deputado eslovaco condenado a quatro anos de prisão por usar símbolo neonazi

Um tribunal eslovaco condenou esta segunda-feira um deputado de extrema-direita, Marian Kotleba, a quatro anos e quatro meses de prisão por promover um evento extremista, no qual usou um símbolo neonazi.

O deputado condenado, 43 anos, chefe da formação da extrema-direita, Partido Popular – Nossa Eslováquia (LSNS), eleito para o parlamento, estava acusado de ter feito a promoção de “um movimento visando suprimir os direitos e liberdades fundamentais”, segundo a acusação.

Durante um evento de caridade, organizado em 2017 pelo LSNS numa escola de Banska Bystrica, na Eslováquia, Kotleba, perante 400 convidados, entregou a três famílias alguns cheques no montante de 1488 euros cada um, número considerado como símbolo nazi.

No valor, o 14 representa um slogan de 14 palavras do supremacista branco David Lane, combinado com o 88, que simboliza a oitava letra do alfabeto – o H – que remete para a saudação nazi “Heil Hitler”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter