Humanos modernos chegaram à Península Ibérica cinco mil anos antes do que se pensava - Plataforma Media

Humanos modernos chegaram à Península Ibérica cinco mil anos antes do que se pensava

Descoberta foi feita por equipa internacional que integra arqueólogos da Universidade do Algarve e abre a porta a novos estudos sobre as relações com os Neandertais nesta região da Europa.

Na sua caminhada através do planeta, a partir de África, os humanos modernos chegaram à Península Ibérica há cerca de 40 mil anos, o que é, afinal, cinco mil anos mais cedo do que até agora se pensava.

A importante descoberta, que confirma de uma vez por todas que o Homo sapiens se cruzou com os Neandertais no território da península, foi feita na gruta da Lapa do Picareiro, na serra de Aire, perto de Fátima, por uma equipa internacional de cientistas que integra arqueólogos portugueses da Universidade do Algarve (UALg). Os novos dados têm várias implicações para o conhecimento do passado humano nesta região da Europa.

Leia mais em Diário de Notícias.

Artigos relacionados
BrasilChina

Primeira circum-navegação do Brasil à China editada em livro inédito

MundoSociedade

Restos humanos serviam como relíquias na Idade do Bronze

MacauSociedade

Memórias da cidade

Mundo

Erupção vulcânica pode ter impulsionado fim da República romana

Assine nossa Newsletter