Desde julho que não morria tanta gente em Portugal por covid-19 - Plataforma Media

Desde julho que não morria tanta gente em Portugal por covid-19

Há mais 552 casos e 13 novas mortes por covid-19 em Portugal. Ao todo, contam-se 68.577 infetados e 1912 vítimas mortais. Há 192 novos doentes recuperados.

O número de novos infetados, que no sábado foi de 849 (o quinto dia com mais novos infetados desde o início da pandemia), baixou, este domingo, para 552, revela o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. Há ainda mais 347 doentes ativos face a ontem, de um total de 21.069. Por outro lado, houve, nas últimas 24 horas, mais 192 doentes recuperados (de 45.596).

A região Norte é hoje a que mais novos casos regista (273 de um total de 24.795), seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (179 de 35.004). No Centro, há mais 29 infetados (em 5621), no Alentejo mais 35 (em 1318) e no Algarve mais 33 (1392). O arquipélago da Madeira soma mais um caso, de 204, e os Açores mais dois, sendo o total de 243 infetados

Desde julho que não morria tanta gente

Morreram em Portugal mais 13 pessoas, elevando para 1912 o número total de mortes por covid-19. Desde 9 de junho (dia em que houve igual número de mortes) que não se registavam tantos óbitos. Dez das vítimas foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo e três no Norte. Duas delas (um homem e uma mulher) tinham entre 60 e 69 anos, outras duas (também um homem e uma mulher) entre 70 e 79 anos, e nove vítimas (três homens e seis mulheres) tinham 80 anos ou mais.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Costa afasta cerca sanitária ou confinamento em Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira

BrasilPolítica

Ministro da Saúde do Brasil está infetado com coronavírus

DesportoMundo

Ronaldo está completamente careca. Será por causa da Covid?

EconomiaMoçambique

Moçambique recebeu quase 400 milhões de euros dos parceiros internacionais em ajudas Covid

Assine nossa Newsletter