Desde julho que não morria tanta gente em Portugal por covid-19 - Plataforma Media

Desde julho que não morria tanta gente em Portugal por covid-19

Há mais 552 casos e 13 novas mortes por covid-19 em Portugal. Ao todo, contam-se 68.577 infetados e 1912 vítimas mortais. Há 192 novos doentes recuperados.

O número de novos infetados, que no sábado foi de 849 (o quinto dia com mais novos infetados desde o início da pandemia), baixou, este domingo, para 552, revela o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. Há ainda mais 347 doentes ativos face a ontem, de um total de 21.069. Por outro lado, houve, nas últimas 24 horas, mais 192 doentes recuperados (de 45.596).

A região Norte é hoje a que mais novos casos regista (273 de um total de 24.795), seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (179 de 35.004). No Centro, há mais 29 infetados (em 5621), no Alentejo mais 35 (em 1318) e no Algarve mais 33 (1392). O arquipélago da Madeira soma mais um caso, de 204, e os Açores mais dois, sendo o total de 243 infetados

Desde julho que não morria tanta gente

Morreram em Portugal mais 13 pessoas, elevando para 1912 o número total de mortes por covid-19. Desde 9 de junho (dia em que houve igual número de mortes) que não se registavam tantos óbitos. Dez das vítimas foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo e três no Norte. Duas delas (um homem e uma mulher) tinham entre 60 e 69 anos, outras duas (também um homem e uma mulher) entre 70 e 79 anos, e nove vítimas (três homens e seis mulheres) tinham 80 anos ou mais.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
LifestyleMundo

McDonald's e Uber vão incentivar americanos a receber a vacina

BrasilSociedade

Universidade brasileira pede para testar em humanos terceira vacina

MundoSociedade

Países africanos defendem produção local de vacinas para evitar atrasos

Desporto

Tóquio2020: Responsável do Comité Olímpico Internacional afirma que nada pode impedir realização

Assine nossa Newsletter