'Chuva negra’, o fenómeno que pode atingir São Paulo este fim de semana - Plataforma Media

‘Chuva negra’, o fenómeno que pode atingir São Paulo este fim de semana

O fenómeno da ‘chuva negra’ resulta da chegada a São Paulo do fumo das queimadas do Pantanal que se junta à alta carga de poluição atmosférica produzida na cidade.

Segundo pesquisadores, embora o acúmulo de material particulado no ar aumente riscos para saúde e possa provocar problemas respiratórios, a chuva, em si, tem maior potencial de poluir rios e mananciais – sem grandes impactos para pessoas, casas ou veículos.

Os incêndios lançam à atmosfera fuligem e material particulado, que são partículas muito finas de sólidos ou líquidos que ficam suspensas no ar, além de gases como monóxido (CO) e dióxido de carbono (CO2). As correntes aéreas, no entanto, arrastam a fumaça desde os focos da queimada, hoje principalmente no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, até outras regiões.

Partículas mais pesadas sedimentam no caminho, mas boa parte da poluição é transportada por centenas de quilômetros. Em região de influência de deslocamentos de correntes de ar, São Paulo acaba recebendo parte dessa carga poluente, que pode bifurcar e chegar a Estados da Região Sul ou à Argentina.

Presidente do Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam), Carlos Bocuhy explica que, na capital paulista, o produto dos incêndios encontra a atmosfera já carregada de impurezas. “É um ‘plus’ de poluição chegando e se agregando no momento em que a umidade está muito baixa”, afirma. Segundo Bocuhy, o cenário de poluição extra deve ser considerado preocupante. “A literatura científica identifica a fuligem como de periculosidade para a saúde e que afeta principalmente idosos, crianças e pessoas com menos recursos financeiros.”

Leia mais em Istoé

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Brasil concede a primeira Indicação Geográfica a produto de reserva indígena

BrasilMundo

Número de queimadas na Amazónia este ano já ultrapassa o total de 2019

BrasilSociedade

Em 15 dias, Amazónia já tem mais fogo que em todo outubro de 2019 e 2018

PortugalSociedade

As partículas poluentes dos incêndios de outubro de 2017 viajaram até ao Reino Unido

Assine nossa Newsletter