Criado plástico que inativa a Covid-19 em minutos - Plataforma Media

Criado plástico que inativa a Covid-19 em minutos

Maçanetas, botões de elevadores e até ecrãs sensíveis ao toque poderão deixar de transmitir o novo coronavírus devido a um plástico adesivo desenvolvido no Brasil, que pode inativar o SARS-CoV-2 em minutos por contacto.

Segundo um estudo divulgado na terça-feira, que mostrou que o material em causa, feito de polietileno e com micropartículas de prata e sílica (óxido de silício) na sua estrutura, mostrou-se capaz de eliminar 99,84% das partículas do novo vírus após dois minutos de contacto.

Lançado pela empresa Promaflex, especializada na produção desse tipo de películas, o material foi desenvolvido pela companhia Nanox com o apoio do programa de investigação inovadora para pequenas empresas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
MundoSociedade

Número global de mortos por Covid-19 ultrapassa um milhão

Lifestyle

Truques para garantir beijos no cinema e na TV em tempos de Covid-19

DesportoPortugal

Movimento "Sem Adeptos Não Há Futebol" quer regresso aos estádios

BrasilPolítica

Um em cinco moradores de São Paulo admite não votar por medo do coronavírus

Assine nossa Newsletter