Bolsonaro quer rosto do português Pedro Álvares Cabral nas notas de real - Plataforma Media

Bolsonaro quer rosto do português Pedro Álvares Cabral nas notas de real

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou ontem que gostaria de iniciar uma nova família de cédulas de real – moeda oficial do Brasil -, com o rosto de personalidades, como dos portugueses Pedro Álvares Cabral ou D. Pedro.

A preferência de Bolsonaro pelo navegador português Pedro Álvares Cabral, a quem lhe é atribuída a descoberta do Brasil, e de D.Pedro, primeiro Imperador do Brasil, também conhecido como Rei Pedro IV de Portugal, foi declarada na transmissão que o Presidente realiza semanalmente na rede social Facebook, ao comentar a nova nota de 200 reais que o Banco Central lançou esta semana.

“Alguns criticaram o lobo-guará [animal que figura na nova nota de 200 reais]. Essa cédula leva um ano para ser preparada, e ela já estava preparada. Logicamente, se tivéssemos mais tempo, começaríamos uma nova família de cédulas, como no meu tempo de garoto. Personalidades, como Pedro Álvares Cabral, D.Pedro e tantos outros que fizeram história no Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Ao longo da transmissão no Facebook, que durou cerca de 25 minutos, o chefe de Estado abordou ainda outros assuntos, como a pandemia da Covid-19, que já fez do Brasil o segundo país do mundo com maior número de casos (mais de quatro milhões) e de mortes (quase 125 mil).

 O Governo Federal mandou fazer 250 milhões destas notas em 2000. As cédulas foram fabricadas na Austrália e foram desenhadas com doze marcas de segurança. A nota foi vista na época como uma promessa de um “dinheiro moderno”, já que duraria muito mais e seria bem mais segura contra falsificações. Porém, as cédulas saíram de circulação em 2006. O Banco Central do Brasil afirmou que a retirada das cédulas já estava prevista para acontecer, pois essa era uma nota somente para a comemoração dos 500 anos do Brasil.

Este artigo está disponível em: English 繁體中文

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Rede Multicaixa mais eficiente com novas notas de kwanza

AngolaEconomia

Notas de 200 kwanzas entram em circulação

Sociedade

Notas de euro não representam grande risco de contágio

Assine nossa Newsletter