Deputada brasileira foi chamada de "preta ridícula" e apresentou queixa por racismo - Plataforma Media

Deputada brasileira foi chamada de “preta ridícula” e apresentou queixa por racismo

A deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) prestou queixa de racismo, injúria e difamação contra Júlio Marcos Saraiva. A pré-candidata à prefeitura do Rio de Janeiro, de 78 anos, foi vítima de ofensas racistas feitas no perfil do administrador e morador de Belém (PA) no Facebook

As informações são do jornal O Globo. De acordo com a parlamentar, um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI), no Rio. Os ataques à deputada ocorreram na semana passada.

Ainda segundo O Globo, Saraiva criticou a consulta feita pela deputada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que levou a Corte a decidir pela destinação proporcional de recursos do fundo eleitoral e do tempo de TV para candidaturas negras. Na publicação, o administrador se referiu à parlamentar como “negra idiota” e “preta ridícula”, entre outras ofensas.

“Chega de racismo! Episódios assim não podem voltar a acontecer”, escreveu a parlamentar no Twitter.

Leia mais em ISTOÉ

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Quatro polícias franceses acusados por agressão brutal a produtor negro

BrasilSociedade

Artista negro morre baleado por polícia em São Paulo

MundoSociedade

França suspende polícias após agressão brutal a produtor musical negro que durou 20 minutos

BrasilSociedade

Polícia brasileira detém funcionária do Carrefour envolvida na morte de cidadão negro

Assine nossa Newsletter