Aeroporto de Faro não se preparou para a vinda dos ingleses - Plataforma Media

Aeroporto de Faro não se preparou para a vinda dos ingleses

Centenas de pessoas desesperaram esta quarta-feira pelo controlo de passaportes. Aumento de passageiros após a abertura do corredor aéreo foi de 190%, explicou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

O SEF a funcionar com dois colaboradores para esta torrente de gente! Quisemos tanto o corredor turístico aberto para isto?”, denunciou o deputado social-democrata Cristóvão Norte, no Twitter, partilhando a imagem de origem desconhecida, em que se veem centenas de passageiros a aguardar, com malas e bagagens, no aeroporto de Faro.

No Facebook correu a mesma imagem, partilhada vezes sem conta. “E a luta inglória continua… nem num ano como este o aeroporto de Faro se conseguiu organizar para evitar as horas de desespero para os turistas em filas infindáveis que, infelizmente, se tornaram habituais”, comentava um dos utilizadores da rede social.

O SEF confirmou a veracidade do momento, explicando que “se tratou de uma situação pontual e circunscrita, registada em apenas uma hora, no dia 26 de agosto”. Segundo o serviço, durante aquela hora aterraram oito voos, o que correspondeu a mais de 800 passageiros controlados na fronteira.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter