Papa Francisco telefona de surpresa ao bispo de Pemba, em Cabo Delgado - Plataforma Media

Papa Francisco telefona de surpresa ao bispo de Pemba, em Cabo Delgado

O Papa Francisco fez um telefonema de surpresa ao bispo da Diocese de Pemba, dom Luiz Fernando Lisboa. “Deu-me muito conforto”, confessou o bispo.

“Recebi uma chamada Papa Francisco que me deu muito confortou. Durante a chamada, o Papa Francisco expressou a sua proximidade ao Bispo (de Pemba) e ao povo da região de Cabo Delgado. Ele disse que está acompanhando os acontecimentos na nossa província com grande preocupação e que está constantemente rezando por nós”, começou por contar Fernando Lisboa, citado pelo Vatican News.

Garantindo que o Papa lhe ofereceu a ajuda necessária bastando, apenas, pedir: “O Santo Padre também me disse que se houvesse algo mais que ele pudesse fazer, não devemos hesitar em pedir-lhe. Ele está pronto a caminhar connosco. Eu exprimi para ele a minha prrofunda apreciação pelo gesto do telefonema e disse-lhe quanto lhe agradecemos quando no dia 12 de Abril ele rezou por Cabo Delgado no Domingo de Páscoa durante a Bênção do Urbi et Orbi”.

“Disse-lhe que a sua referência à crise humanitária na nossa província fez com que outras pessoas também tomassem conhecimento da nossa situação. Começámos a ver mais congregações, algumas organizações (humanitárias), indivíduos – tanto locais como externos, começando a ajudar na nossa situação. Eu disse: Santo Padre, o senhor colocou Cabo Delgado no mapa do mundo. E ele simplesmente comentou em italiano, ‘Che bello!’ (Que lindo!) ”, contou o bispo de Pemba.

COMUNICAÇÃO DE IMPRENSA, PAÇO EPISCOPAL, DIOCESE DE PEMBA, CABO DELGADO

Publiée par Página Diocese De Pemba sur Mercredi 19 août 2020

Duas religiosas desaparecidas

D. Luiz Fernando Lisboa disse, ainda, ter informado o Santo Padre sobre a situação da cidade portuária de Mocímboa da Praia, que foi tomada por militantes jihadistas que dizem estar ligados ao Estado Islâmico (EI). As forças do governo teriam desocupado a cidade estratégica depois que os jihadistas a atacaram na semana passada.

“Disse ao Santo Padre sobre a vila portuária de Mocimboa da Praia que foi tomada pelos jihadistas e de como não tivemos notícias de duas religiosas nossas naquela cidade. As duas são membros da Congregação Internacional das Irmãs de São José de Chambéry. Ao ouvir a notícia, o Papa exclamou: ‘Que tristeza!’ ”O Papa prometeu rezar por esta intenção”, acrescentou D. Fernando Lisboa.

O bispo acrescentou: “No momento de concluir a chamada, o Papa recordou a sua visita a Moçambique, no ano passado, e disse que mesmo enquanto percorria o nosso país, Cabo Delgado estava muito presente nos seus pensamentos. E me encorajou a entrar em contato com o cardeal Michael Czerny (do Dicastério para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral) para obter ajuda e assistência humanitária. Pela minha parte, assegurei ao Santo Padre a nossa proximidade ao seu ministério, através da oração. Eu disse-lhe que rezamos por ele, todos os dias. Em resposta, ele me disse em espanhol: “Adelante!” (Para frente ou continuem assim!). Por fim, para encerrar a conversa, o Papa abençoou o povo de Cabo Delgado e também todos os moçambicanos ”.

Assine nossa Newsletter