Calor e falhas nos cuidados de saúde causam pico de mortes - Plataforma Media

Calor e falhas nos cuidados de saúde causam pico de mortes

Mais 673 óbitos do que em 2019. Calor e redução dos cuidados de saúde no pico da covid explicam.

Entre 1 e 15 de julho morreram 4721 pessoas no país, mais 673 óbitos do que em igual período do ano passado (17%). Desde 2013 que não morria tanta gente na primeira quinzena de julho. As altas temperaturas e um menor acesso dos doentes crónicos aos cuidados de saúde nos últimos meses por causa da covid-19 serão as principais razões para o aumento da mortalidade.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
Lifestyle

Tecidos que deve usar e que tem de evitar com o calor

PortugalSociedade

Portugal e Espanha vão "assar" com aumento médio da temperatura

MundoSociedade

Vaga de calor causa incêndios em Israel e na Cisjordânia e leva à retirada de milhares de pessoas

Portugal

Portugal: Três distritos em alerta amarelo devido a temperaturas elevadas

Assine nossa Newsletter