Portugal confirma voo humanitário de Maputo para Lisboa a 11 de Julho - Plataforma Media

Portugal confirma voo humanitário de Maputo para Lisboa a 11 de Julho

A Embaixada de Portugal em Maputo confirmou, em comunicado oficial, um voo humanitário de apoio ao regresso de cidadãos afetados pelo encerramento de fronteiras, com partida de Maputo e destino a Lisboa, no dia 11 de julho.

O anúncio, feito esta quarta-feira, vem após a aprovação do presidente moçambicano, Filipe Nyusi, ao pedido português, do dia 6 de julho, para a realização de um voo humanitário. O regresso dos cidadãos de Maputo para Lisboa vai ser no dia 11 de julho.

O voo, que será realizadado pela TAP, destina-se a cidadãos portugueses ou europeus que, por precisarem viajar por razões de saúde, saída definitiva do país ou por serem viajantes temporários, justificaram necessidade de reservar um lugar para o dia 11. Outros cidadãos, sem razões de comprovada urgência, mas que reúnam as condições legais necessárias para viajar para Portugal podem ainda, numa segunda fase, procurar adquirir um bilhete pelos canais habituais de reservas da TAP, sujeito à disponibilidade de lugares.

O governo português manifestou confiança no reatar dos voos entre Lisboa e Maputo e disse que está disponível para garantir o regresso a Moçambique de cidadãos e residentes legais, sempre respeitando as regras do estado de emergência em vigor.

Portugal também deixou claro que, considerando as exceções ao encerramento do espaço aéreo atualmente em vigor, pretende “manter a possibilidade de voos entre Portugal e Moçambique num regime de reciprocidade”.

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter