Bolsonaro veta obrigação de fornecer água potável a indígenas -

Bolsonaro veta obrigação de fornecer água potável a indígenas

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou com vetos nesta quarta-feira a lei que prevê a proteção de indígenas e quilombolas durante a pandemia. Entre as medidas vetadas pelo mandatário, está a obrigação para que o governo garanta o acesso à água potável e a “distribuição gratuita de materiais de higiene, limpeza e desinfecção para as aldeias”. A constante higienização das mãos e dos locais de habitação são medidas fundamentais para evitar a propagação da Covid-19.

Segundo o Executivo, o veto foi dado porque a legislação não apresenta o impacto no orçamento da criação de uma despesa obrigatória. A decisão foi tomada em conjunto com os Ministérios da Saúde, Economia, Justiça e Segurança Pública e da Mulher, Família e Direitos Humanos. 

Leia mais em Istoé

Artigos relacionados
MundoSociedade

Pandemia já matou quatro ministros no Zimbabué

PortugalSociedade

Portugal com novo máximo de mortes num dia com 11.721 casos de covid-19

ChinaSociedade

Wuhan completa 1 ano do primeiro confinamento contra o coronavírus

PortugalSociedade

Portugal passa os 10 mil mortos por covid-19 em dia de novos máximos

Assine nossa Newsletter