CHINA QUER FIM DA OFENSIVA ISRAELITA NA FAIXA DE GAZA - Plataforma Media

CHINA QUER FIM DA OFENSIVA ISRAELITA NA FAIXA DE GAZA

 

O ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Yi, apelou esta semana a Israel que coloque fim à sua ofensiva na Faixa de Gaza e levante o bloqueio imposto ao enclave desde 2006.

Wang fez estas declarações durante uma conferência de imprensa com o seu homólogo egípcio, Sameh Choukri, no Cairo, onde decorrem conversações para uma trégua no conflito israelo-palestiniano, na presença de uma delegação da Palestina e o enviado norte-americano para o Médio Oriente.

Israel, por seu lado, recusou enviar representantes para esta reunião. “Os dois lados, os israelitas e os palestinianos, devem imediatamente e totalmente cessar o fogo, incluindo os ataques aéreos, as operações no solo e os tiros de foguetes, para salvar as pessoas e a paz na região”, declarou o chefe da diplomacia chinesa.

“Qualquer ação que implique o uso excessivo da força e conduza a vítimas civis é inaceitável”, disse, acrescentando que Israel deve “levantar o bloqueio” à Faixa de Gaza.

O Egito, habitual mediador dos conflitos entre Israel e Hamas, acolheu hoje uma delegação palestiniana que foi discutir uma eventual trégua na Faixa de Gaza, em presença, nomeadamente, do enviado norte-americano para o Médio Oriente, Frank Lowenstein.

Israel recusa-se a enviar representantes argumentando que o Hamas não está interessado “num acordo”.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter