Início Destaques Droga usada para eutanasiar animais comprada online por quem quer morrer em Portugal

Droga usada para eutanasiar animais comprada online por quem quer morrer em Portugal

Substância detetada em 20 autópsias médico-legais desde 2009. Há portugueses a querer saber mais, apesar de venda e consumo serem ilícitos. Alfândega não regista apreensões.

Há uma substância que está a ser adquirida ilegalmente por portugueses para induzir a morte e que, em outros países, é usada para a prática do suicídio assistido. Pelo menos 20 pessoas tinham a droga no organismo, de acordo com autópsias realizadas pelo Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF), entre 2009 e 2022, a pedido do Ministério Público. Por questões éticas, o JN optou por não identificar o nome do produto. Houve anos em que não foi registado qualquer caso da “W”, como a iremos nomear no artigo. Em 2022, três pessoas tinham a droga em doses letais.

Em Portugal, o Infarmed adianta que não há “medicamentos com autorização de introdução no mercado contendo esta substância ativa”. A “W” é uma substância controlada, o que significa que apenas determinadas entidades têm autorização para a adquirir. Mesmo que a queiram obter, necessitam de uma “autorização de utilização especial” do Infarmed, já que “não está comercializada”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!