Aeroportos portugueses superaram os níveis de 2019 - Plataforma Media

Aeroportos portugueses superaram os níveis de 2019

Os aeroportos nacionais receberam 5,7 milhões de passageiros em outubro, com mais 42,6% que no período homólogo de 2019.

Foi a primeira vez que foram superados os níveis de 2019, o último ano antes da pandemia e da quebra significativa do movimento aéreo.

Os dados avançados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram uma tendência de aproximação números registados no período pré-pandémico.

O mês de outubro registou o desembarque médio diário de 90,7 mil passageiros nos aeroportos nacionais (97,2 mil no mês anterior), 5,6% acima do valor de outubro de 2019 (85,9 mil).

Entre janeiro e outubro, o número de passageiros movimentados aumentou 145,5%, face ao mesmo período de 2021 (-7,0% face a igual período de 2019).

O Reino Unido foi o principal país de origem e de destino dos voos, seguindo-se França e Espanha.

Dos passageiros desembarcados, 81,9% corresponderam a tráfego internacional (80% no mesmo mês de 2021), na maioria (69,9%) provenientes do continente europeu.

Em relação aos passageiros embarcados, 82,2% corresponderam a tráfego internacional (80% em outubro de 2021), com principal destino os aeroportos no continente europeu (69,9% do total).

O aeroporto de Lisboa movimentou 48,7% do total de passageiros (23,6 milhões), mas considerando os três aeroportos com maior tráfego anual de passageiros, Faro registou o maior crescimento face a 2021 (+167,6%) e Porto a maior aproximação aos níveis de 2019 (-4,2%).

Em outubro, aterraram nos aeroportos nacionais 20,6 mil aeronaves em voos comerciais, correspondendo a 5,7 milhões de passageiros.

Assine nossa Newsletter