Início Atualidade Governo português não espera que a TAP pague empréstimo

Governo português não espera que a TAP pague empréstimo

A pergunta repetiu-se mas a resposta não chegou. Afinal, como e quando vai a TAP pagar o empréstimo de 3,2 mil milhões de euros ao Estado português? “A TAP vai devolver [o valor do empréstimo] em exportações nacionais, em compras a mais de mil empresas nacionais e através de todas as receitas no turismo”, disse ontem o ministro das Infraestruturas e Habitação.

Pedro Nuno Santos foi questionado pelos deputados sobre os timings para a devolução da injeção de capital que o governo está a fazer na transportadora aérea, na discussão da apreciação na especialidade do Orçamento do Estado para 2022.

Na reunião conjunta da Comissão de Orçamento e Finanças e da Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação o governante não concretizou uma resposta sobre as ajudas que estão a ser dadas à TAP no âmbito do plano de reestruturação aprovado por Bruxelas, e sublinhou que “não é relevante receber os 3,2 mil milhões de euros”, mas sim, “salvar uma das mais importantes empresas para o nosso país”. “Esta empresa é demasiado importante para a economia nacional para a deixarmos cair”, apontou.

Leia mais em Diário de Notícias

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!