Sequestrou avião, roubou 200 mil dólares, saltou de paraquedas e nunca mais foi visto - Plataforma Media

Sequestrou avião, roubou 200 mil dólares, saltou de paraquedas e nunca mais foi visto

Um dos maiores mistérios da história criminal dos Estados Unidos completa 50 anos nesta quarta-feira (24). O caso, que envolveu o sequestro de um Boeing 727, uma ameaça de explosão a bomba, um pedido de US$ 200 mil e até um salto de paraquedas da aeronave continua sem solução até os dias de hoje.

Tudo começou quando um homem, que se identificou como Dan Cooper, foi ao aeroporto de Portland, nos Estados Unidos, e comprou uma passagem de ida para Seattle. Era 24 de novembro de 1971, véspera do Dia de Ação de Graças, tradicional feriado americano.

O homem embarcou, então, em um Boeing 727 da Northwest Orient Airlines. Poucos minutos após a decolagem, ele acendeu um cigarro, pediu uma dose de bourbon com soda e passou um bilhete para Florence Shaffner, uma das aeromoças do voo.

Leia mais em Band

Assine nossa Newsletter