Começou a maior competição de empreendedorismo de Macau

Começou a maior competição de empreendedorismo de Macau

Arrancou ontem o “928 Startup Challenge”, a primeira competição universitária de empreendedorismo entre a China e os Países de Língua Portuguesa, e que estabelece uma plataforma entre nove cidades da Grande Baía, duas regiões autónomas e oito países de língua portuguesa

José Alves, diretor da Faculdade de Gestão da Universidade Cidade de Macau, e Marco Rizzolio, professor visitante e co-fundador do evento, falaram sobre o interesse que o concurso gerou na comunidade universitária e mencionaram que a participação foi muito além das expectativas. “Houve a inscrição de 153 equipas e de 786 estudantes, representando um total de 50 universidades”.

O número de equipas participantes inclui 48 equipas de instituições de ensino superior de Macau e Hong Kong, 62 equipas do interior da China, e 43 equipas de Países de Língua Portuguesa, tornando-se esta competição a maior competição de empreendedorismo jamais organizada em Macau.

As inscrições terminaram a 30 de setembro e todos os Países de Língua Portuguesa têm o seu país representado pelo menos por uma universidade. A adesão dos estudantes comprova o enorme potencial da cooperação académica internacional na plataforma Macau-China-Lusofonia e do acesso dos estudantes a novas oportunidades.

Leia mais sobre a competição em: Plataforma, Grande Baía e sustentabilidade: o futuro em três eixos

A competição arrancou com um programa de formação – Bootcamp -, que durante duas semanas incidirá sobre o ambiente de negócios em cada um dos países e a criação de novas empresas com foco em mercados internacionais e sustentabilidade. O Bootcamp abriu com a participação dos Delegados do Fórum de Macau e respectivos representantes do Departamento de Promoção de Investimentos dos Países de Língua Portuguesa como principais oradores. Participam, ainda, durante a primeira semana diretores de agências de promoção do comércio e investimento e académicos de várias universidades.

Na segunda semana, o Bootcamp terá uma componente mais prática. Os mais de 20 mentores irão apoiar as equipas a desenvolver as ideias geradas na semana anterior, usando ferramentas de aceleração de negócios.

A final da competição, agendada para o próximo dia 23 de outubro durante a Feira Internacional de Macau, será no Centro de Convenções e Exposições do Venetian. O painel de Juízes desta final inclui um grupo de gestores com grande experiência no mundo dos negócios na China e no espaço lusófono.

“A missão da competição é não só estabelecer uma comunidade orientada para o empreendedorismo entre todos os participantes, mas também consciencializar o público e agentes económicos do que ainda há a fazer por Macau, Países Lusófonos, e China” nesta área, afirmaram os organizadores.

Related posts
MacauSociedade

Universidade de Macau aposta na internacionalização

AngolaPolítica

UNITA diz que Tribunal Constitucional aceitou providência cautelar

AngolaSociedade

“Caçadores de óbito”, os truques para matar a fome em Luanda à custa dos funerais

ChinaEconomia

Plataforma, Grande Baía e sustentabilidade: o futuro em três eixos

Assine nossa Newsletter