Começou a maior competição de empreendedorismo de Macau

Começou a maior competição de empreendedorismo de Macau

Arrancou ontem o “928 Startup Challenge”, a primeira competição universitária de empreendedorismo entre a China e os Países de Língua Portuguesa, e que estabelece uma plataforma entre nove cidades da Grande Baía, duas regiões autónomas e oito países de língua portuguesa

José Alves, diretor da Faculdade de Gestão da Universidade Cidade de Macau, e Marco Rizzolio, professor visitante e co-fundador do evento, falaram sobre o interesse que o concurso gerou na comunidade universitária e mencionaram que a participação foi muito além das expectativas. “Houve a inscrição de 153 equipas e de 786 estudantes, representando um total de 50 universidades”.

O número de equipas participantes inclui 48 equipas de instituições de ensino superior de Macau e Hong Kong, 62 equipas do interior da China, e 43 equipas de Países de Língua Portuguesa, tornando-se esta competição a maior competição de empreendedorismo jamais organizada em Macau.

As inscrições terminaram a 30 de setembro e todos os Países de Língua Portuguesa têm o seu país representado pelo menos por uma universidade. A adesão dos estudantes comprova o enorme potencial da cooperação académica internacional na plataforma Macau-China-Lusofonia e do acesso dos estudantes a novas oportunidades.

Leia mais sobre a competição em: Plataforma, Grande Baía e sustentabilidade: o futuro em três eixos

A competição arrancou com um programa de formação – Bootcamp -, que durante duas semanas incidirá sobre o ambiente de negócios em cada um dos países e a criação de novas empresas com foco em mercados internacionais e sustentabilidade. O Bootcamp abriu com a participação dos Delegados do Fórum de Macau e respectivos representantes do Departamento de Promoção de Investimentos dos Países de Língua Portuguesa como principais oradores. Participam, ainda, durante a primeira semana diretores de agências de promoção do comércio e investimento e académicos de várias universidades.

Na segunda semana, o Bootcamp terá uma componente mais prática. Os mais de 20 mentores irão apoiar as equipas a desenvolver as ideias geradas na semana anterior, usando ferramentas de aceleração de negócios.

A final da competição, agendada para o próximo dia 23 de outubro durante a Feira Internacional de Macau, será no Centro de Convenções e Exposições do Venetian. O painel de Juízes desta final inclui um grupo de gestores com grande experiência no mundo dos negócios na China e no espaço lusófono.

“A missão da competição é não só estabelecer uma comunidade orientada para o empreendedorismo entre todos os participantes, mas também consciencializar o público e agentes económicos do que ainda há a fazer por Macau, Países Lusófonos, e China” nesta área, afirmaram os organizadores.

Related posts
ChinaEconomia

Plataforma, Grande Baía e sustentabilidade: o futuro em três eixos

Assine nossa Newsletter