Número de visitantes caiu para metade em agosto

Número de visitantes caiu para metade em agosto

O número de visitantes de Macau caiu para quase metade em Agosto último, comparativamente a Julho, informou hoje a direção dos Serviços de Estatística e Censos justificando com as restrições motivadas pelo COVID-19

O número de visitantes caiu para metade. A esmagadora maioria chegou do interior da China (369.467), de um total de 409.207 visitantes, contra os 789.407 de Julho, numa descida de 48,2 por cento.

As autoridades justificaram a queda com o “reforço da inspeção exigida” nas fronteiras “na sequência dos casos confirmados locais” do vírus no início do mês passado.

Ainda assim registou-se uma subida de 80,2 por cento face a Agosto de 2020, e em termos anuais o número de excursionistas ascendeu a quase 65 por cento.

Também se registou uma subida no período médio de permanência dos visitantes, e a média de tempo de permanência dos turistas chegou quase aos quatro dias.

65 por cento dos visitantes oriundos das nove cidades do Delta do Rio das Pérolas, a chamada Grande Baía, foram originários de Zhuhai.

Quanto à entrada em Macau, chegaram por via terrestre mais 75 por cento dos visitantes relativamente ao ano passado, 83 por cento pelas Portas do Cerco.

E nos primeiros oito meses entraram na RAEM mais de 5 milhões de visitantes, uma percentagem superior a 43 por cento face ao mesmo período do ano passado.

Leia mais em TDM

Related posts
MacauPolítica

Deputados pedem planos de contingência, incentivos à vacinação e mais apoios

MacauSociedade

Infetados só podem voltar a Macau dois meses depois

MacauSociedade

Macau apela à vacinação da população para proteger crianças

MacauSociedade

Aulas em Macau retomadas a partir de 25 de Outubro

Assine nossa Newsletter