França vai avançar para terceira dose da vacina em maiores de 65

França vai avançar para terceira dose da vacina para pessoas com 65 ou mais anos

Em França, a idade mínima para a terceira toma da vacina contra a Covid-19 era de 80 anos.

As autoridades de saúde francesas resolveram avançar para a administração de um reforço da vacina contra a Covid-19 para pessoas com 65 ou mais anos, e para outras pessoas com comorbilidades que acentuem o risco de desenvolver doença grave ou de morrerem com Covid-19.

A decisão foi tomada após a divulgação de um relatório elaborado pela HAS, autoridade de saúde francesa, que conclui que a dose extra deve ser tomada num período mínimo de seis meses após a vacinação completa, o que significa duas doses para os que tenham de ter esquema vacinal completo, uma dose para os anteriormente infetados com o SARS-CoV-2, ou três doses para os imunodeprimidos. Pode ainda ser administrada uma segunda dose àqueles que foram inoculados com a vacina da Janssen, quatro semanas depois da toma.

Em declarações à BFM-TV, Olivier Véran, ministro francês da Saúde, admite que há um “pequeno risco”, mas acredita que vale a pena fazer a escolha de diminuir a idade mínima para a terceira toma, que antes era de 80 anos.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter