Lena d’Água vence prémio José Afonso

por Filipa Rodrigues

Câmara Municipal da Amadora premiou cantora Lena d’Agua com o galardão José Afonso pelo álbum ‘Desalmadamente’

cantora Lena D’Água, com o álbum “Desalmadamente”, venceu o Prémio José Afonso, no valor de 5 mil euros, anunciou a Câmara Municipal da Amadora, que atribuiu o galardão.Foi também distinguido o álbum “Vida Nova”, de Manel Cruz, com uma menção honrosa.

O júri do Prémio José Afonso/2020, constituído pelos compositores Pedro Teixeira da Silva, em representação da Câmara da Amadora, e Sérgio Azevedo, em representação da Escola Superior de Música de Lisboa, e pelo vencedor da edição do ano passado, o músico António Zambujo, e decidiu, “por unanimidade, atribuir o prémio ao álbum ‘Desalmadamente’, de Lena D’Água”, divulgou a edilidade.

Sobre “Desalmadamente”, o júri considerou que se trata de um álbum composto por “brilhantes composições de Pedro da Silva Martins, e onde Lena D’Água demonstra uma capacidade vocal impressionante. Além de premiar o disco, premeia-se também a carreira da cantora Lena D’Água e a sua enorme capacidade de se reinventar”.

Leia mais em Delas

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!